Sua versão do navegador está desatualizado. Recomendamos que você atualize seu navegador para uma versão mais recente.

Persas

Um pouco de história

 

Consta que um viajante italiano Pietro Della Valle (no século XVII) trouxe alguns gatos da Pérsia (atual Irã) que logo ganharam a simpatia pela pelagem macia e sedosa que apresentavam.

Modernamente (a partir do século XIX, na Inglaterra) esses gatos passaram a ser objeto de cruzamentos com a raça Angorá e de um melhoramento genético intenso. O resultado que se pode observar atualmente é que hoje temos mais de 100 combinações de cores variando do branco neve até o malhado (casco de tartaruga). Sem dúvida, uma façanha!

A beleza e docilidade dos gatos persas, são notórios. No entanto o comprimento da pelagem torna a manutenção dificultosa... se não forem tomados precauções e cuidados, Nossa intenção é contribuir para o sucesso desta manutenção.

 1º passo: escovação:

Uma escovação adequada diariamente é fundamental. Antes do banho diria que é imprescindível. Pelos molhados têm maior tendência a embaraçar. Por isto recomendamos que se utilize Easy Comb que faz deslizar a escova e já age reparando os pelos. Basta usar o pulverizador para fazer uma névoa uns 30 cm acima do animal e deixá-la repousar, aplique também jatos sobre os pinos da escova. Isto fará deslizar suavemente o instrumento..Se houver nó deverá far o seguinte

  • Borrifar Easy Com sobre o nó até umedecer completamente, Na sequência utilize o dedo indicador e o médio que devem formar um pinça com a oposição do polegar. Faça isto com as duas mãos. Tomando o nó entre os dedos deslize as pontas em movimentos circulares. isto fará com que o produto penetre mais profundamente na estrutura. Não se surpreenda em ver o nó, literalmente desmanchando entre seus dedos. Normalmente se encontra pelos quebrados no novelo: sinal de que os pelos estavam com cutículas em mau estado. O uso constante de Easy Comb impede que os pelos enfraqueçam, abram cutículas e se quebrem. 

2º passo: cuidado com os ouvidos.

É fundamental proteger o pavilhão auricular de penetração de umidade que poderá resultar no aparecimento de otites. O tratamento deste tipo de problema não é barato e o incomodo que causam não pode ser desprezado.Também a população de fungos pode parecer inofensiva (Malassezia spp em algum momento pode parecer só um sujeirinha) mas a qualquer momento pode desencadearem a enfermidade. O mesmo se pode dizer de bactéria  e ácaros. Como fazer?

  • Com o auxilio de um chumaço de algodão preso nos dentes de uma pinça e retorcido (se não tiver utilize um cotonete) coloque um pouco de Otimus gel para limpeza otológica no pavilhão onde conseguir visualizar a parte externa do ouvido. Não se aconselha introduzir qualquer aparado no conduto auditivo. Em seguida com outro chumaço de algodão (de preferência hidrófobo) faça um tampão que deverá bloquear o canal para impedir a penetração de água. Se for bem colocado não será retirado com movimentos da cabeça, mas se cair deverá ser imediatamente reposto. Ao final do banho deverá ser retirado e feita uma nova aplicação de Otimus e com um terceiro chumaço deverá ser retirado (junto com as sujidade. O resíduo de Otimus  formará um filme que protegerá o epitélio de fungos, bactérias e ácaros por cerca de 5 dias (que é o tempo de descamação normal.
  • Um ativo importante neste produto é um amargante para evitar lambidas nas orelhas (vicio comum em cães dominados e perversão de apetite em equinos (Otimus serve para as três espécies). É o mesmo avulsivante utilizado em álcool gel para desestimular a ingestão. Curiosamente ele é muito amargo e só pode ser contornado com CHOCOLATE. Então se colocar acidentalmente na boca lance mão do santo remédio.

 3º passo: lavagem prévia:

 Gatos têm uma oleosidade natural importante. Nela está impregnada a sujeira, mas deve ser retirada por um produto bem equilibrado para evitar os efeitos rebotes: que são a resposta à limpeza (pelo próprio organismo) com mais óleo ainda! A pré lavagem é tão importante que fizemos um produto específico para ela: o Royal Shower Shampoo para Limpeza Profunda com Neutralizador de Odores!

  • A melhor maneira que conhecemos para iniciar o banho em gatos (e também cães adaptados para tarefas aquáticas como Labrador e Cocker, entre outros) é utilizar uma mistura MUITO diluída: 20 partes de água para uma de shampoo que deverá ser aplicada no gato SECO até que fique molhadinho. A massagem deverá ser efetuada no sentido dos pelos e nunca em movimentos de vai vem ou rotativo. Não se verá espuma nenhuma, mas mesmo gatos aparentemente limpos deixarão escorrer um caldo preto que denunciará o nível de sujeira. Depois deve enxaguar e poderá aplicar o mesmo shampoo puro ou diluído, como preferir, e aí se verá espuma. Ao esfregar os pelos limpos farão um ruído como se estivessem cantando, após o enxague, ao serem esfregados.
  •  

4º passo: shampoo de ação. 

 Até aqui o que fizemos foi promover a retiradas de sujidades sem afetar significativamente brilho, cores e estrutura dos pelos. Isto porque se os ativos que fazem isto estivessem colocados no shampoo de pré lavagem ele não seria tão eficiente neste propósito. Par que esta ação seja alcançada de modo surpreendente foi desenvolvido o Shampoo Extra Keratin otimizado para gatos. Este contém ativos que reparam os pelos, ativam as cores naturais (não tinge nem descolore) e tem uma ação hidratante importante; Tendo em vista que as sujidades já foram retiradas anteriormente, muito pouco do produto será necessário. Então se aconselha que se utilize puro para evitar a perda de produtos diluídos em excesso.. A esfregação, como dito anteriormente, deverá ser feita no sentido do pelo e após alguns minutos os ativos já terão penetrado no pelo e podemos enxaguar e com pequena compressão podemos retirar a água excedente na pelagem.

 

5º passo: prevenção de futuros nós e fechamento de cutículas. 

 O mesmo Easy Comb utilizado na escovação deverá ser usado aqui. No animal com o excesso de água escorrido, deve se aplicar o Easy Comb de modo que toda a pelagem seja alcançada. Uma pequena massagem é útil para garantir este objetivo. Aqui NÃO se deve enxaguar.

 

6º passo: selagem das cutículas.

 Aqui se podem escolher dois produtos para esta ação.

  1. Creme Condicionador para cães e gatos:  proporciona uma eficiente reposição de conteúdo intra capilar que é suficiente para muitas situações. Pode ser aplicado puro ou diluído em água morna e massageado por alguns minutos. A ação é evidente e sentida pelo tato. Deverá ser enxaguado.
  2. Máscara Hidrate Care Floofy:  Esta máscara tem mais potência que o produto anterior proporciona uma efetiva selagem das cutícula com formação de filme que impede a absorção de pigmentos das sujidades, mantém o pelo hidratado e a expressão de um volume muito próprio aos gatos Persas sem que para isto seja necessário irritar os músculos eretores dos folículos. Deve ser aplicado com os dedos  no sentido dos pelos e após alguns minutos devem ser enxaguados.
  3. Podem ser aplicados os dois produtos um após o outro? Sim.  

7º passo: secagem com toalha.

 

Inicia-se com toalha seca e limpa. Eventualmente se pode considerar a conveniência de usar mais uma toalha para esta tarefa. 

 

8º passo: secagem com secador.

 Naturalmente o secador deverá se escolhido pelo nível de ruído (para não estressar o gato) e pelo volume de ar que pode produzir. O volume é importante porque não é conveniente aproximar muito o bocal do secador das raízes da pelagem. Os vórtices gerados tendem a torcer os pelos e comprometer o resultado.

Outra situação a levar em conta é a temperatura do ar soprado. Ao contrário do que muitos pensam, em gatos não é conveniente ar muito quente. Eles reagem ao excesso de temperatura secretando mais óleo, a ponto de ao término do banho eles estarem tão (ou mais) oleosos quanto o início.

O esquema de banhos com Royal Shower proporciona um bônus importante: a diminuição do tempo de secagem! A ponto de impressionar os maiores experts em cat grooming!.

 

 

 

 

Comentários pertinentes ao assunto:

A escovação pode ser uma tortura (para o gato e para o dono) ou uma fonte de satisfação para ambos. A diferença é a presença ou não de nós na pelagem. Mas porque existem nós?

 

  • Nós são o resultado de pelos danificados, lógico. Pelos que saem da boa condição apresentam cutículas abertas em diversos graus. Como esta condição é muito semelhante a uma lixa ou dente de serra, elas acabam com a possibilidade de deslizar um pelo sobre o outro. A situação se complica quando alguns pelos se quebram e passam a se enroscar sobre os outros mas num sentido transversal - agindo como ferrolho e com isto dificultando o desembaraço.
  • Muitos pensam que a solução para um enovelado seria uma lubrificação daquele caos. No que, absolutamente,  não concordamos.
  • Se a causa do nó são muitas cutículas abertas, a via de consequência é reparar as cutículas antes de mais nada. Isto se consegue com Easy Comb. Como? Este produto foi projetado para facilitar a escovação. Então o primeiro objetivo é reparar cutículas e isto se consegue sem muita dificuldade com a diluição correta de aminoácidos em pH adequado, entre outros ativos..

O ambiente do pavilhão auricular é praticamente uma estufa: lá há umidade (principalmente se o epitélio apresentar ferimento que pode ser causado por ácaros), alimento representado por cerúmen e células descamadas além do calor corporal. Uma maneira (que usamos no Otimus) de contornar a combinação e fazê-la deixar de ser perversa é dando condições de que, fisiologicamente, as condições deixem de ser favoráveis à multiplicação de micro organismos.  

  • Lançamos mão de ácido láctico (grau farmacêutico) entre outros motivos pelo fato ser um produto do metabolismo celular normal. Também pelo fato de que tem propriedades refrescantes e de remoção de tecido descamado. Sendo um ácido ele deixa o ambiente desfavorável à multiplicação de fungos e bactérias;
  • Otimus gel de limpeza otológica é disperso numa matriz polimérica. Tem a propriedade de formar um filme (ácido) que se mantém sobre o epitélio pelo prazo de 5 dias (até a descamação normal). Isto garante que não haja proliferação inconveniente de alguns micororganismos. No caso de fungos esta ação é potencializada pela presença de Casearia silvestrys . 
  • O conteúdo em óleo de neem presente no Otimus é suficiente para eliminar a ácaros.